E sabe o que mais?

A vida continua.
Mas pra que ensinarem a gente a não mentir, se depois acabamos mentindo desde o momento em que desejamos “Bom dia”?
Pra que ensinar que o melhor é ser sincero e honesto, se não é de bom tom você dizer que “não gosta” de algo, porque isso magoa os outros…?

A simplicidade da vida está naquela gotinha que fica na folhinha. É, aquela do orvalho da manhã, sabe? Eu acho muito fofa. Gosto de fotografar coisas assim.

Acho o mundo todo muito complicado e algumas pessoas extremamente difíceis de se conviver. O ser humano em geral tem uma tendência a hipocrisia que me vira o estômago.

Me revolta não poder ser sincera o tempo inteiro, porque algumas pessoas não podem compreender.
E o pior de tudo: o fato de ser sincera não implica que os outros serão com você. Está aí uma recíproca que não é verdadeira e eu ainda não consegui aprender. Catso, viu.

Algo de bom tem que vir, não plantei só espinhos. Sei que plantei outras coisas. Eu cometi erros, mas não só erros, houve acertos. Cadê essa colheita?

O verão tá chegando e não estou sentindo a minima vontade de brilhar…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: